Turistas e moradores de Itanhaém e Mongaguá morrem afogados durante o fim de semana‎

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012


Ao menos quatro pessoas morreram afogadas durante o fim de semana de carnaval. Três dos casos ocorreram em praias da região e o outro em um rio.

Rubens Bozolan Júnior, de 47 anos, foi a única das vítimas que não se afogou na praia. O acidente ocorreu por volta das 18h30 de domingo, no Bairro Equitação, em Itanhaém.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada até a Rua Benedito Antônio Muniz e encontrou um amigo da vítima. A testemunha contou que eles estavam em um trapiche, na beira do rio aguardando uma embarcação que os levaria até uma ilha, na outra margem.

O local onde esperavam estava escorregadio e Rubens caiu na água, afundando. O amigo pulou no rio, na tentativa de resgatar o amigo, mas a correnteza estava forte, lenvando o homem para longe.

Posteriormente, com ajuda de populares, Rubens foi retirado da água, inconsciente. Tentaram reanima-lo, mas ele não resistiu e morreu no local. O caso está registrado no plantão da Delegacia Seccional da Cidade.

Mongaguá

Ainda no Litoral Sul, em Mongaguá, a vítima foi o turista Carlos Henrique de Jesus, de 29 anos, morador de Mauá, São Paulo. Segundo dados da polícia, o corpo foi achado no Plataforma.

A vítima teria entrado no mar, por volta das 18 horas de sábado, e sumiu. O cadáver foi localizado no dia seguinte. O caso foi levado para investigação na  Delegacia Sede de Mongaguá.

A namorada da vítima compareceu à Delegacia e fez o reconhecimento do corpo por foto. Ela foi procurada pela reportagem, mas preferiu não dar entrevista.

Cidade Praia Grande

Outras duas ocorrências foram registradas na Praia Grande, domingo. Em uma delas a vítima foi o turista Philippe Coutinho de Rezende Dominiqueli, de 19 anos, morador de São Paulo.

Conforme o apurado, a vítima estava na Avenida Castelo Branco, Vila Tupi, quando entrou no mar. Logo após ela se afogou e chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

A quarta morte por afogamento também foi na Avenida Castelo Branco. Luis Carlos Viana de Sousa, de 35 anos, também foi socorrido depois de se afogar. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Praia Grande para exames necroscópicos.

Fonte: Jornal A Tribuna

Deixe um Comentário